Dom Jaime Vieira: Igreja debaterá o tráfico de pessoas na CF de 2014

dom jaime TN
A Igreja do Brasil está atenta à triste realidade do tráfico humano, tanto que a Campanha da Fraternidade de 2014 terá como tema “Fraternidade e Tráfico de Pessoas” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo metropolitano de Natal confirmou que este ano a Campanha da Fraternidade será lançada, em Natal, no dia 9 de março, às 9 horas, na paróquia do Beato Ambrósio Francisco Ferro, no bairro do Planalto, onde ocorreram vários casos de raptos na década de 1990.
Ontem, no mesmo dia em que o Papa Francisco completou 77 anos, Dom Jaime Vieira Rocha se reuniu com a imprensa em um café da manhã e fez sua avaliação do ano de 2013 para a Igreja Católica e falou das perspectivas para 2014. Após o café e uma entrevista coletiva, o arcebispo falou à TRIBUNA DO NORTE sobre mudanças na Igreja católica, situação de seca e crescimento do tráfico de drogas no Rio Grande do Norte.
Para Dom Jaime, o novo Papa realiza uma das maiores reformas da história da Igreja, uma verdadeira “revolução” que faz a instituição redescobrir suas origens com a maior aproximação perante os fiéis, mas que também causa desconforto entre os mais conservadores. “O Papa está fazendo uma revolução no que diz respeito a uma volta às origens: uma Igreja mais evangélica, próxima de Nosso Senhor, mais despojada e livre de tudo aquilo que possa ser amarras que impeçam a sua maior presença na vida das pessoas”. Sobre a seca, Dom jaime disse que os governantes precisam de mais atitude para assistir à população que sofre a estiagem na pele, no interior. Já na capital e em outras grandes cidades, o problema é o negócio milionário do tráfico de drogas, que segundo o bispo, destrói famílias inteiras e tira a vida de diversos jovens.
Da Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

| Copyright © 2013 Blog do Teté Pendências/RN