Roubo de carros cresce 40% nos últimos anos em Natal

A Tribuna do Norte destaca que nos últimos três anos, a quantidade de veículos roubados ou furtados no Rio Grande do Norte aumentou 40%. Em 2010, foram 2.068 veículos subtraídos e, até novembro deste ano, esse número saltou para 2.888. Em compensação, o índice de recuperação de veículos aumentou 49% e a média de furtos ou roubos diários, em 2013, manteve-se no mesmo patamar do ano passado: 8. Para evitar maiores prejuízos, a população investe em segurança. Seguros de automóveis e instalação de rastreadores veiculares são as soluções mais comuns contra a ação dos bandidos.
As histórias se multiplicam e dão conta de como os bandidos agem livremente independente da hora do dia. Os números da Delegacia Especializada na Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) relatam casos registrados em todo o Estado, mas é na Grande Natal onde ocorrem a maior parte dos roubos. Há dois caminhos mais comuns para os veículos subtraídos: desmonte para venda de peça ou revenda dos carros e motos com preço abaixo do praticado pelo mercado, em outros Estados. Na sua opção, o comprador adquire o produto com documentação falsa ou mesmo com a promessa de entrega dos papéis futuramente. O que não ocorre. “Sabemos que algumas quadrilhas agem no RN. Eles roubam e revendem as peças. Há também casos onde os bandidos levam os carros para outros locais onde são revendidos”, afirma o titular da Deprov, delegado Atanásio Gomes.
20131215-092706.jpg

Nenhum comentário:

| Copyright © 2013 Blog do Teté Pendências/RN