Governo recebe representantes do Movimento Sem Terra

Representantes do Ministério da Integração Nacional e do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) da Chapada do Apodi (CE) estiveram reunidos na primeira quinzena de junho.
Durante a reunião, foi discutido como utilizar a área do perímetro público de irrigação Jaguaribe-Apodi. Os participantes também falaram sobre o sistema simplificado de irrigação e a capacitação dos agricultores. “Existe uma vontade do ministério de resolver todas essas questões e buscar uma solução para atender as reivindicações do movimento”, disse Irani Ramos.
Os integrantes do MST reivindicam uma área de 4 mil hectares que comporia a 2ª etapa do projeto de irrigação Jaguaribe-Apodi, região que está sendo ocupadas por mais de 800 famílias de agricultores sem terra. Essa área, entretanto, já teria sido cedida para implantação de outro projeto, de maneira que será necessário uma negociação visando definir o uso dessas terras.
Para o secretário de Irrigação, um dos itens apresentados na pauta pelo MST já está sendo elaborada. “A Secretaria Nacional de Irrigação já está trabalhando nessa linha de capacitação dos pequenos agricultores. Não queremos só oferecer kit de irrigação dentro do sistema simplificado de irrigação. Queremos capacitá-lo com o apoio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)”, afirmou.
Guilherme Costa também determinou que fossem intensificadas as ações para buscar uma solução para os problemas apresentados pelo movimento na região. “O Ministério e a Secretaria estão dispostos a ouvir e buscar um entendimento dos pontos apresentados e discutidos nessa reunião”, ressalta.
Ao final do encontro ficou acordado que o secretário de Irrigação e representantes do Ministério da Integração irão a Limoeiro do Norte, no Ceará, nos dias 24 e 25 de junho para uma nova reunião. 

Nenhum comentário:

| Copyright © 2013 Blog do Teté Pendências/RN